ONU-Habitat seleciona cidades da fronteira para projeto de integração | Land Portal
Author(s): 
Guilherme Wojciechowski
Language of the news reported: 
portugais

Foto: Agent 1994, Licença CC.

Foz do Iguaçu e Ciudad del Este fazem parte da iniciativa que tem como foco ampliar políticas conjuntas.

O Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU-Habitat) selecionou, no âmbito do projeto Conexões Urbanas, cidades da fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina para o desenvolvimento de ações voltadas a ampliar políticas de integração e promover soluções conjuntas para os problemas que afligem os moradores.

A iniciativa, com duração estimada de dois anos, será implantada em dois polos: o conglomerado urbano formado pelas cidades de Barracão (PR), Bom Jesus do Sul (PR), Dionísio Cerqueira (SC) e Bernardo de Irigoyen (Argentina); e as cidades-gêmeas de Foz do Iguaçu e Ciudad del Este (Paraguai).

No caso do polo transfronteiriço Brasil–Argentina, o ONU-Habitat Brasil firmou parceria com o Comitê de Desenvolvimento Territorial La Frontera e com o Consórcio Intermunicipal da Fronteira, para compartilhamento de informações, mobilização de atores locais e apoio na implementação e divulgação das atividades do projeto.

O Conexões Urbanas tem como objetivo aumentar as capacidades das autoridades e comunidades locais para planejamento e desenho urbano em cidades de fronteira.

“A ideia é promover a inclusão de todas as pessoas, incluindo migrantes de outras nacionalidades, fomentando a coesão social e reforçando a cooperação transfronteiriça”, destaca o ONU-Habitat, em material distribuído à imprensa.

Metodologia

Para segunda-feira (23), está marcada uma oficina com lideranças das organizações da sociedade civil e pessoas das áreas de urbanismo e assistência social de Barracão, Bernardo de Irigoyen, Bom Jesus do Sul e Dionísio Cerqueira, para dar início à avaliação dos espaços públicos dessas cidades.

Até o final de 2023, o projeto vai promover escutas da população e atores locais, realizar oficinas com autoridades e lideranças dos territórios, elaborar um diagnóstico dos espaços públicos a partir de metodologias participativas já testadas pelo ONU-Habitat em outras regiões do planeta e revisar políticas migratórias e urbanas.

Com base nos diagnósticos e na participação da população, será apresentada uma proposta de projeto de requalificação para um espaço público que seja relevante para cada grupo de municípios, além de recomendações de políticas públicas para a rede de espaços. Também estão previstos eventos e oficinas regionais e internacionais para promover o intercâmbio de experiências e boas práticas entre as cidades participantes.

Com informações do ONU-Habitat.

 

 

Copyright © Source (mentionné ci-dessus). Tous droits réservés. Le Land Portal distribue des contenus sans la permission du propriétaire du copyright sur la base de la doctrine "usage loyal" du droit d'auteur, ce qui signifie que nous affichons des articles de presse pour des fins d'information non commerciales. Si vous êtes le propriétaire de l'article ou d'un rapport et que vous souhaitez qu'il soit retiré, s'il vous plaît nous contacter à hello@landportal.info et nous le supprimerons immédiatement.

Divers articles de presse liés à la gouvernance foncière sont publiés sur le Land Portal chaque jour par ses utilisateurs, à partir de diverses sources, telles que les agences de presse et d'autres institutions et individus, ce qui représente une diversité de positions sur tous les sujets. Le droit est à la source de l'article; la Land Portal Foundation n'a pas le droit de modifier ou de corriger l'article, ni d'endosser son contenu. Pour apporter des corrections ou demander la permission de republier ou toute autre utilisation de ce contenu, merci de contacter le titulaire du droit d'auteur.

Partagez cette page