IX Simpósio Internacional de Geografia Agrária e X Simpósio Nacional de Geografia Agrária | Land Portal | Sécurisation des droits fonciers à travers les données ouvertes
Saudações geográficas a todas as pesquisadoras e pesquisadores, estudantes, professoras e professores e, especialmente, representantes de diversas organizações e movimentos sociais imbuídos no enfrentamento aos desafios que perpassam a questão agrária na atual conjuntura da América Latina.
 
É com atenção, animação e esperança que o Coletivo LEPEC (Laboratório de Estudos e Pesquisas sobre Espaço Agrário e Campesinato), informa à comunidade brasileira e latino-americana que se dedica aos estudos agrários, sobre a construção do IX Simpósio Internacional de Geografia Agrária e X Simpósio Nacional de Geografia Agrária. Dando continuidade a uma jornada de fortalecimento e de revisão do pensamento crítico no âmbito da ciência geográfica, desejamos seguir o legado acumulado desde 1998 até último SINGA, realizado em Curitiba em 2017, e receber todas e todos na cidade do Recife em 2019, entre os dias 11 a 15 de novembro. E mais uma vez, alimentar as redes de resistências, rebeldias e acolhimento que perfazem as lutas sociais no campo e na cidade do presente período histórico.
 
O LEPEC é um coletivo de pesquisadoras e pesquisadores que se dedica ao estudo do espaço agrário a partir de uma visão escalar latino-americana, vinculado ao Departamento de Geografia e ao Programa de Pós-graduação em Geografia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). A partir de uma metodologia de trabalho coletivo, observando os temas dos eventos anteriores e com contribuições de entidades parceiras, apresentamos como temário do evento um conjunto de ideias que reconhece o desafio de debate entre as diversas e diferentes epistemologias que conformaram as bases do pensamento geográfico. Alimentados pelas vivências dos eventos anteriores que proporcionaram aprofundamentos teóricos e metodológicos, com vistas a revigorar as forças de uma geografia posicionada frente a um contexto de recrudescimento dos conflitos e aprofundamento da violência no campo, convidamos todas e todos para um espaço de discussão que reconheça e mova os limites do conhecimento científico hegemônico, considerando outras cognições, epistemologias e matrizes de saberes que emergem dos processos de r-existência em curso na América Latina. Nesta perspectiva, o tema do SINGA 2019 será “Para além das cercas que nos cegam: as naturezas das r-existências no campo na América Latina”.
 
O SINGA ao longo dessas duas décadas acumulou um importante legado para o entendimento sobre o Brasil e a América Latina tomando o espaço agrário como centralidade analítica, convergindo em sua realização uma amálgama de conhecimentos, sentimentos e sínteses. Posicionado em diferentes pontos de vista desse país continental, lançou olhares considerando aspectos históricos e territoriais para entender e agir frente às dinâmicas transformações recentes no espaço agrário. Se distanciando do centro geográfico onde foi gestado, a geografia da USP, perpassando pela Amazônia, Cerrado e Sul do Brasil, mergulhando nos nós profundos da formação territorial do campo, como Araguaia e as Ligas Camponesas, o evento, tem acompanhado as tendências de abertura escalar para América Latina e de reconhecimento da amplitude dos sujeitos sociais do campo que, por sua vez, redesenham a questão agrária, tais como os faxinalenses, comunidades quilombolas, povos indígenas, pescadoras artesanais, pequizeiros, ciganos, entre outros.

 

Movido por essas sensibilidades, reflexões e desejos, assumimos a missão e o desafio de acolher esse SINGA, e, desde já, colocando-nos à disposição para uma construção dialógica e compartilhada do Simpósio. Em breve, iremos dispor de forma pública o sítio eletrônico e o blog do evento, nos quais constarão informações adicionais, bem como outras circulares.
 
Por ora, certos desta contribuição, deixamos como canal de comunicação nosso e-mail: coletivolepec@gmail.com, site: https://www3.ufpe.br/lepec/ e, telefone: +55 81 2123-7371. Vamos juntos participar dessa construção.

Partagez cette page