EXTRATIVISMO E DESENVOLVIMENTO NO CONTEXTO DA AMAZÔNIA BRASILEIRA | Land Portal | Securing Land Rights Through Open Data
DMA

Resource information

Date of publication: 
August 2016
Resource Language: 
ISBN / Resource ID: 
ISSN: 1518-952X
Pages: 
21
License of the resource: 
Copyright details: 
Revista em Desenvolvimento e Meio Ambiente
Tendo como pano de fundo o debate sobre a relação entre uso dos recursos naturais, economia e sustentabilidade, neste trabalho objetiva-se discutir o lugar do extrativismo no contexto do Desenvolvimento considerando as diferentes perspectivas sobre essa atividade na Amazônia brasileira. Com base em revisão de literatura e dados secundários, contextualiza-se que historicamente as estratégias de desenvolvimento pensadas para a região amazônica brasileira são pautadas em atividades extrativistas promovidas pelos detentores de poder político e econômico e fomentadas pelo Estado. Atualmente, é recorrente no discurso de acadêmicos e de porta-vozes do governo, de movimentos sociais e de empresas, a necessidade do repensar o uso dos recursos naturais, agregando valor aos produtos extrativistas e valorizando o conhecimento das populações tradicionais. Discute-se o reconhecimento da diversidade de populações, de ecossistemas e de formas de gestão dos recursos naturais, emergindo novos atores, novos produtos e conflitos. Todavia, nesse cenário de disputas, segue o desafio da operacionalização de tais princípios em termos de estratégias para o desenvolvimento.

Authors and Publishers

Author(s), editor(s), contributor(s): 
Danielle Wagner Silva, Livio Sérgio Claudino, Carlos Douglas Oliveira, Ana Paula Matei, Rumi Regina Kubo
Publisher(s): 
DMA

A revista Desenvolvimento e Meio Ambiente é editada pelo Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento (PPGMADE) da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Os principais objetivos da revista são publicar artigos de qualidade sobre temas socioambientais nos âmbitos local, nacional e internacional e divulgá-los amplamente em vários circuitos acadêmicos. Ancorado em uma perspectiva interdisciplinar, o foco central da revista é a discussão de problemáticas que se inscrevam na intersecção entre sociedade e natureza.

Share this page