Estoques de carbono e nitrogênio e frações orgânicas de Latossolo submetido a diferentes sistemas de uso e manejo | Land Portal

Informações sobre recurso

Date of publication: 
Dezembro 2007
Resource Language: 
ISBN / Resource ID: 
AGRIS:XS2007240637

The advance of the agricultural frontier, characterized by the conversion of natural ecosystems into cultivated areas, was intensified in the last decades. Most of the practices used to manage soils cause changes in the soil quality and soil organic matter (SOM) dynamics. Studying the impact of different management systems is essential to choose the most adequate soil management practices. This study aimed to evaluate different SOM fractions and carbon and nitrogen storage of a very clayey typic dystroferric Red Latosol (Oxisol) under the following use and management systems: native forest (MTN), eucalyptus (EUC), pine (PIN), pasture (PAS), corn under minimum tillage (MCM) and corn under conventional till (MPC). The soil samples were collected in September 2004, in the 0-10, 10-20 and 20-40 cm layers to assess organic carbon (OC) and total nitrogen (TN) storage, in the 0-5 and 0-10 cm layers for the physical-densimetric SOM fractionation, and at 0-5 cm to measure the carbon content of the microbial biomass (Cmic). OC storage in the EUC soil was higher than in the MTN soil. The relative contribution of C increased in the order: C-clay > C-silt > C-sand > C LF. The largest proportion (> 90 %) of OC was associated to the heavy fraction of SOM, with values close to 98 % in the tillage systems with corn (MPC and MCM). The Cmic and C-light fraction (C LF) were more sensitive to evaluate changes in SOM dynamics caused by the different use and management systems of the studied Latosol.

O avanço das fronteiras agrícolas, caracterizado pela substituição de ecossistemas naturais por áreas cultivadas, vem se intensificando nas últimas décadas, acarretando alterações na qualidade do solo e na dinâmica da matéria orgânica do solo (MOS). Assim, o estudo do impacto da adoção de diferentes sistemas de manejo é essencial na definição de melhores estratégias de uso do solo. Este estudo teve por objetivo avaliar diferentes frações da MOS e os estoques de C e N de Latossolo Vermelho distroférrico típico muito argiloso submetido a diferentes sistemas de uso e manejo: mata nativa (MTN), eucalipto (EUC), pinus (PIN), pastagem (PAS), milho no sistema de cultivo mínimo (MCM) e milho no sistema plantio convencional (MPC). As amostras de solo foram coletadas em setembro de 2004, nas profundidades de 0-10, 10-20 e 20-40 cm, para avaliação dos estoques de carbono orgânico (CO) e N total (NT); de 0-5 e 0-10 cm, para realização do fracionamento físico-densimétrico da MO; e de 0-5 cm, para avaliação do C da biomassa microbiana (Cmic). O estoque de CO na área de eucalipto foi maior do que o determinado na área de mata. A proporção relativa do CO nas frações da MOS aumentou na seguinte ordem: C-argila > C-silte > C-areia > C FL. A maior parte (> 90 %) do CO está associada à fração pesada da MOS, com valores próximos a 98 % nos sistemas cultivados com milho (MPC e MCM). Em relação aos teores de CO, o Cmic e o C da fração leve (C FL) são indicadores mais sensíveis das alterações decorrentes da adoção de diferentes sistemas de uso e manejo sobre os compartimentos da matéria orgânica do Latossolo.

Autores e editores

Author(s), editor(s), contributor(s): 

Rangel, Otacílio José Passos
Silva, Carlos Alberto

Publisher(s): 

Provedor de dados

Categorías relacionadas

Compartilhe esta página