Brasil pode apoiar Timor-Leste a tornar-se autossuficiente na agricultura – Ramos Horta | Land Portal

Foto: egorgrebnev/flickr

Nesta terça-feira, o Presidente de Timor-Leste afirmou que o Brasil pode apoiar o país a tornar-se autossuficiente agricultura e na luta contra a extrema pobreza e subnutrição.

“Apoiar através da Embrapa [Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária] na área de agricultura. Timor finalmente vir a ser autossuficiente em toda a gama de agricultura para garantir segurança alimentar” disse José Ramos-Horta, em entrevista à Lusa, em Brasília, um dia depois de ter participado nas celebrações da tomada de posse do novo Presidente brasileiro, Lula da Silva.

“Futuramente virá uma delegação do Governo” frisou o chefe de Estado timorense, acrescentando: “Não vim para pedir ajuda financeira, felizmente Timor-Leste está muito folgado nessa área”.

O Brasil, um dos principais ‘celeiros’ do mundo, tem evoluído ao longo dos anos na sua tecnologia agrícola, muito por ‘culpa’ da Embrapa. Este setor, que emprega 19 milhões de pessoas do gigante sul-americano, só no mês de novembro conseguiu exportar produtos no valor de 11,94 mil milhões de euros, superou pela primeira vez a barreira dos 10 mil milhões de euros no mês.

José Ramos-Horta, que participou numa reunião bilateral com o novo Presidente do Brasil, disse ainda que outra das áreas em que poderá haver interesse mútuo de cooperação é a industria farmacêutica.

“Uma industria farmacêutica brasileira, uma industria de equipamento médico brasileiro em Timor-Leste tem um mercado enorme”, sublinhou o responsável timorense, recordando que o Brasil é uma das potências mundiais neste setor.

José Ramos-Horta recordou ainda que com a possível entrada de Timor-Leste na Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN) o país passa a ser uma porta de entrada para uma área com um mercado de 700 milhões de pessoas, sendo que a este número juntam-se Austrália, Nova Zelândia, Coreia do Sul, Japão e China, cujos países têm um tratado de comércio com a ASEAN.

E quer incrementar a área da educação. “Não temos nenhum bolseiro timorense no Brasil, gostaríamos de ver bolsas de estudo brasileiras para timorenses”, disse, acrescentando ainda que gostaria de ver apoio do Brasil ao centro de formação de professores que está a ser criado em Timor-Leste.

À Lusa, José Ramos-Horta deixou ainda rasgados elogios à cerimónia daquele que considerou ser um “homem de Estado”, desde o desfile no Rolls-Royce – que serve a Presidência da República desde 1952 rumo ao Congresso e ainda os dois discursos feitos por Lula já oficialmente Presidente brasileiro

“Discursos extraordinários. Na profundidade do seu humanismo, da sua devoção à situação dos mais pobres, dos negros, dos povos indígenas”, disse, afirmando ter sido uma “grande cerimónia da entrega da faixa”.

Na opinião de José Ramos-Horta, Lula da Silva vai agora receber o país com uma “sociedade profundamente fragmentada, as instituições violadas e por isso muito fragilizadas”. Ainda assim, dando o exemplo dos Estados, considerou que as instituições prevaleceram.

 Copyright © Fuente (mencionado anteriormente). Todos los derechos reservados. El Land Portal distribuye materiales sin el permiso del propietario de los derechos de autor basado en la doctrina del "uso justo" de los derechos de autor, lo que significa que publicamos artículos de noticias con fines informativos y no comerciales. Si usted es el propietario del artículo o informe y desea que se elimine, contáctenos a hello@landportal.info y eliminaremos la publicación de inmediato.



Varias noticias relacionadas con la gobernanza de la tierra se publican en el Land Portal cada día por los usuarios del Land Portal, de diversas fuentes, como organizaciones de noticias y otras instituciones e individuos, que representan una diversidad de posiciones en cada tema. El derecho de autor reside en la fuente del artículo; La Fundación Land Portal no tiene el derecho legal de editar o corregir el artículo, y la Fundación tampoco espalda sus contenidos. Para hacer correcciones o pedir permiso para volver a publicar u otro uso autorizado de este material, por favor comuníquese con el propietario de los derechos de autor.

Comparta esta página