Garantindo a posse: aprimoramento do gerenciamento e da adaptação a desastres | Land Portal
Contact details: 
Stacey Zammit (stacey.zammit@landportal.info)
Organizers: 

GFAR was jointly established by FAO, IFAD, The World Bank and CGIAR and is the only multi-stakeholder global forum in which public, private and civil actors, across all aspects of the generation, access, transformation and use of agri-food knowledge, come together through their own representative mechanisms, to collectively shape the future of agriculture and realize desired SDG impacts.

Global Land Tool Network

The Global Land Tool Network (GLTN) is an alliance of global regional and national partners contributing to poverty alleviation through land reform, improved land management and security of tenure particularly through the development and dissemination of pro-poor and gender-sensitive land tools.

Language of the event: 
English
Portuguese
Spanish
French

22 de novembro de 2023 (10h - 11h GMT)

Os desastres induzidos pela mudança climática e as respostas das comunidades para se protegerem e criarem soluções se tornaram uma das principais prioridades da agenda climática. No centro das discussões sobre mitigação e adaptação estão as populações urbanas, principalmente em assentamentos informais. Ao mesmo tempo, a população rural pobre com acesso limitado ou sem segurança à terra tende a ser ignorada. Não somente os(as) camponeses(as) estão entre os(as) mais vulneráveis ao impacto de enchentes, secas, tempestades ou incêndios florestais. Devido à insegurança dos direitos de posse nesse grupo, os desastres naturais geralmente resultam em perda de terras e migração, pois as famílias têm poucos meios para recuperar suas terras ou propriedades sem registros ou documentos formais de registro. Além disso, os direitos inseguros à terra oferecem poucos incentivos ou capacidades para mitigar ou adaptar-se aos efeitos das mudanças climáticas. É menos provável que as pessoas plantem árvores ou protejam a floresta se temerem que suas terras possam ser tomadas a qualquer momento. A proteção dos direitos à terra das pessoas provavelmente leva a investimentos de longo prazo na terra e pode ajudar a combater o desmatamento.

Este webinário tem como objetivo chamar a atenção para o nexo pouco explorado das mudanças climáticas, dos desastres naturais e da (in)segurança da posse por meio de apresentações de participantes de várias regiões. Os(as) palestrantes fornecerão percepções e destacarão práticas de mitigação e adaptação no contexto de direitos de posse inseguros, além de comparar exemplos de casos positivos e desafios.

Sugestões de perguntas que o webinário pretende abordar:

  • Quais são os principais obstáculos para que as famílias com direitos de posse inseguros se envolvam e apliquem medidas de mitigação ou adaptação?
  • De que forma os desastres naturais ampliam a insegurança da posse?
  • Como a insegurança de posse contribui para o desmatamento e o aumento dos desastres naturais induzidos pelas mudanças climáticas?

Este webinário ocorre no âmbito de uma colaboração entre ANGOC, Land Portal, ALRD e GLTN para integrar os direitos à terra da população rural pobre na agenda climática. Essa colaboração tem o apoio do Fórum Global para Pesquisa Agrícola (GFAR - sigla em inglês).​

Related content: 
Blog post
Bangladesh

In the leadup to upcoming international climate talks, farmers in the coastal regions of Bangladesh are emphasizing the importance of robust and well-documented land rights in the face of the multiple climate change disasters that have adversely impacted their lives and livelihoods. Spearheaded by the Association for Land Reform (ALRD) in Bangladesh, and the Asian NGO Coalition for Agrarian Reform and Rural Development (ANGOC), with the support of the Land Portal Foundation and the Global Forum on Agricultural Research and Innovation (GFAR), a social media and information campaign has been underway to amplify their voices on the issue. This time around, we have taken collective action to ensure that climate policy discourse will not neglect the crucial role land rights play in building climate resilience of one of the most vulnerable populations. You can learn more, and contribute, by using hashtags #IfOnlyTheEarthCouldSpeak #landmatters #land4climate #COP28 and by following us on Twitter. 

 

Compartilhe esta página