FAO disponibiliza dados sobre gestão sustentável da terra em português | Land Portal

FAO/Fellipe Abreu. FAO disponibiliza dados sobre gestão sustentável da terra em português

Plataforma leva recomendações de melhores práticas no manejo sustentável do solo para os 10 países que têm o português como língua oficial; além de informações, projeto pretende ampliar troca de informações entre países lusófonos.

Em agosto, o site da rede global de Visão Mundial das Abordagens e Tecnologias de Conservação, Wocat, tornou acessível para as mais de 260 milhões de pessoas que falam português ao redor do mundo, o seu acervo gratuito de melhores práticas de gestão sustentável da terra.*

A tradução foi viabilizada pelo projeto “Revertendo o Processo de Desertificação nas Áreas Suscetíveis do Brasil: Práticas Agroflorestais Sustentáveis e Conservação da Biodiversidade”, também conhecido como Redeser.

Perda de biodiversidade

O Redeser tem como objetivo interromper e reverter o processo de desertificação, por meio de ações para enfrentar as causas cada vez mais crescentes da degradação do solo e da perda de biodiversidade nos ecossistemas da Caatinga, com foco nas Áreas Suscetíveis à Desertificação, ASD. 

O projeto é financiado pelo Fundo Global para o Meio Ambiente, GEF, e tem o Ministério do Meio Ambiente do Brasil como principal parceiro executor.

Já o Wocat, lançado em 1992, tem o objetivo de documentar, compartilhar e aplicar conhecimentos de gestão sustentável da terra. A rede estabelece um espaço inovador para compartilhar e dar escala a boas práticas para enfrentar a degradação do solo, as mudanças climáticas e a perda da biodiversidade.

Estão disponíveis mapas, gráficos, informações relevantes e documentos sobre práticas de gestão sustentável testadas em diferentes lugares do mundo. Além disso, os profissionais que atuam na área também podem compartilhar suas próprias práticas e pesquisas.

Troca de experiências

Segundo o coordenador técnico do projeto, Gustavo Pinho, a tradução da plataforma propicia um ambiente mais acessível e amigável para pesquisadores e instituições, o que permitirá um maior intercâmbio das experiências não só pelo Brasil, mas também por outros países.

Pinho adiciona que além de ser uma oportunidade de melhorar o conhecimento dos países que falam português sobre as práticas de manejo sustentável do solo, também aumentam a representatividade das ações dos países que falam português na plataforma.

Em 2020 o Banco de Dados Global de gestão sustentável da terra da rede Wocat foi oficialmente reconhecido pela Convenção das Nações Unidas para o Combate à Desertificação, Unccd, como o principal banco de dados global sobre melhores práticas de manejo.

*Com a reportagem da FAO Brasil

 

Copyright © Source (mentioned above). All rights reserved. The Land Portal distributes materials without the copyright owner’s permission based on the “fair use” doctrine of copyright, meaning that we post news articles for non-commercial, informative purposes. If you are the owner of the article or report and would like it to be removed, please contact us at hello@landportal.info and we will remove the posting immediately.

Various news items related to land governance are posted on the Land Portal every day by the Land Portal users, from various sources, such as news organizations and other institutions and individuals, representing a diversity of positions on every topic. The copyright lies with the source of the article; the Land Portal Foundation does not have the legal right to edit or correct the article, nor does the Foundation endorse its content. To make corrections or ask for permission to republish or other authorized use of this material, please contact the copyright holder.

Share this page